Visual merchandising header

Crescer minha empresa: Loja

Aumente suas vendas em 50% — 10 dicas para turbinar o visual da sua loja

By Gustaf Sjöholm on 11 de Agosto de 20176 minutos de leitura

As grandes lojas gastam milhões cuidando da aparência. Mas você sabia que o visual é essencial para todos os negócios, incluindo as lojinha do tamanho de um provador? Quando você pensa com cuidado no posicionamento dos produtos, suas vendas aumentam. Leia nossas dicas, experimente na sua loja e comprove os resultados!

happy customer izettle

Ao pensar sobre como apresentar produtos favoritos e mostrar o seu estoque, você pode aumentar suas vendas rapidamente. A gente conversou com a consultora de visual merchandising Maria Larsson, que deu um monte de dicas brilhantes. Descubra quais são, experimente-as e veja os resultados!

1. Foco neles!

Experimente colocar um produto específico num lugar de destaque, de preferência embaixo de um pequeno holofote ou iluminação especial. Vários estudos mostram que esse detalhe pode aumentar as vendas em até 50%. Por exemplo: posicione uma cesta ou caixa com um produto bem bonito ao lado do balcão e destaque com uma lâmpada. E não esqueça de repensar essas escolhas quando for mudar a posição dos produtos.

De 70% a 80% do consumo no mundo ocidental é guiado pelo desejo.

maria larsson visual merchandiser
"Mude e atualize a disposição de seus produtos, pelo menos, a cada duas semanas", diz a consultora de visual merchandising Maria Larsson.

2. Cantinhos preciosos

Nos supermercados, é muito comum usar os cantos das prateleiras para expor produtos. Se você tem uma loja pequena, tente explorar esses espaços valiosos, colocando os produtos, praticamente, no meio do caminho dos clientes. Isso deve aumentar bastante as chances de venda. Alguns empresários já alcançaram o crescimento de 400% depois que mudaram os produtos das prateleiras para os cantos delas.

Não se esqueça de revezar seus produtos nesses espaços poderosos com frequência!

3. De olho no calendário

Em geral, pequenos lojistas têm pouco tempo para gerenciar todo o negócio, então cuidados adicionais, como o visual da loja, podem acabar ficando de lado. Se esse é o seu caso, organize suas prioridades. Dedique-se à organização das prateleiras e dos balcões e tente dar destaque a alguns produtos nos momentos em que a loja fica mais cheia.

Quer ver? Se você vende material escolar, "dê um tapa" na organização e no visual da sua loja antes da volta às aulas. Se seus produtos são ótimos para comemorações, acompanhe o calendário de datas especiais e festas em família, como Dia dos Namorados e Natal. Não tem segredo, né?

3 dicas imperdíveis para lojas pequenas

Tudo no lugar! Limpeza é fundamental, mas não deixe para amanhã o cuidado de organizar seus produtos. Junte as opções parecidas em grupos: isso cria espaço livre e faz com que o cliente veja melhor todas as opções. O segredo é encontrar o equilíbrio de cada prateleira e da loja toda.

Confie nas cores A regra básica é escolher uma cor principal e uma ou duas cores secundárias para cada prateleira ou "cantinho" da loja. Cuidado: se você usar muitas cores, pode acabar com um conjunto que confunde os clientes. Se você vende produtos de muitas cores diferentes, como roupas femininas, tente agrupá-los por cor.

A vitrine merece sua atenção e carinho Você tem cerca de três segundos para conquistar o olhar daquela cliente que está passando pela loja, sabia? É simples: se a mesma pessoa passar e vir a mesma vitrine várias vezes, vai deixar de prestar atenção. Por isso, seja criativo e experimente novidades sempre!

4. Como conquistar os clientes de hoje?

Quem resiste a uma visão desta na sua loja preferida? :) (Foto: Jennifer Pallian / Unsplash)

Os tempos mudaram. Os clientes de hoje são muito mais exigentes do que os clientes das décadas passadas. Pense assim: você está convidando seus clientes para um evento ou até para uma festa. A ideia é criar uma experiência.

Ofereça bombons ou algum "agradinho" que combine com a identidade da sua loja. Faça o cliente pensar "será que esses bombons são para mim?". Com esses pequenos gestos, você constrói uma relação verdadeira com seu cliente — e isso naturalmente se traduz em vendas. Mas atenção: esses gestos nunca devem parecer falsos ou forçados, tá?

Transparência, originalidade e personalização — essas são as três palavras-chave que todos os donos de loja precisam ter em mente.

5. Vá além dos produtos

Não esqueça que sua loja é uma unidade, um todo. Os detalhes são muito importantes, mas pense também no conjunto. Dá para melhorar as cores, a iluminação, o ambiente? Vale perguntar a amigos e familiares e usar as opiniões para ver seu espaço de um jeito novo.

Às vezes, o visual fala tão alto quanto o preço. (Foto: Jason Briscoe / Unsplash)

6. Conquiste desde a entrada

Não tem jeito: é na entrada que começa a relação da sua loja com um potencial cliente. Por isso, ela precisa ser o mais aconchegante e atrativa possível. Tente criar espaço livre para que as pessoas se movimentem e já se sintam à vontade. Muitos lojistas cometem o erro de posicionar na entrada uma grande quantidade de produtos. Não faça isso, hein?

7. Para continuar crescendo, avalie os resultados

Aproveite os relatórios gratuitos do nosso aplicativo  — eles são fundamentais para você observar o comportamento das vendas dos seus produtos antes e depois que fizer alguma mudança na exposição deles na sua loja. Sabendo quais espaços são mais poderosos para vendas, você sempre poderá investir neles para dar destaque a produtos mais difíceis de vender, certo?


Maria Larsson é consultora independente de visual merchandising e tem mais de 20 anos de experiência. Ela é apaixonada por tendências e como elas influenciam o comportamento do consumidor.

Gustaf sjoholm Gustaf Sjöholm Blog Editor at iZettle

Tagged under

Loja, Ponto de Venda e Vitrine
Default br